< Blog dos Séniores do Futsal do Boavista FC: Julho 2007

terça-feira, 31 de julho de 2007

O SITE DO BOAVISTA COM DIVULGAÇÃO MUNDIAL


O maior site mundial de futsal http://www.futsalplanet.com deu-nos a honra de chamar para a sua página de noticias a divulgação do site do Boavista FC.

Podem visitar essa noticias, clicando no endereço acima referenciado.

No interior, estão referenciados noticias sobre o plantel para a próxima época, resultados classificações do Boavista do play-out e um link que nos "leva" até à Recopa.

Para todos que idealizaram e trabalham para a manutenção do nosso site, foi com enorme alegria que registamos este facto, que marca (mundialmente) a evolução do futsal do BoavistaFC, que honra todos os boavisteiros.

sexta-feira, 27 de julho de 2007

ESCOLINHA DE FUTSAL DO BOAVISTA


ESCOLINHA DE FUTSAL "ALEX 88"

O capitão Alex, conjuntamente com o Mário Vieira (Tr. adjunto da equipa sénior) e Tiago Moreira (Tr. adjunto da equipa de iniciados) formaram uma escolinha de futsal do Boavista FC.

Esta escolinha terá uma base pedagógica e de ensinamento técnico, sem (para já) intuíto competitivo.

Este trio, reuniu e estabeleceu um protocolo com o Departamento de Futsal e Direcção do clube, para oficializar todo os processo.

Neste momento decorrem ainda, conversações com o sector de Comunicação e Imagem do futsal Boavisteiro, com a finalidade de decidir sobre assuntos considerados importantes para a imagem da escola.

As informações mais pormenorizadas serão dadas a partir de amanhã (quando se esperam ficar concluídos todos os pontos ainda pendentes) de qualquer modo é ponto confirmado que a escola abrirá no dia 01 de Setembro de 2007.

Mais uma iniciativa que demonstra a dedicação ao Clube.

O nome da escola está decidida e é:

ESCOLINHA DE FUTSAL " ALEX 88"

Estejam atentos!

quinta-feira, 26 de julho de 2007

ALEX JÁ TEVE ALTA

Alex na companhia do seu amigo Carlos Alberto.

Passadas as primeiras horas sobre a operação, o Capitão regressou a casa, onde se encontra em repouso.
Durante a permanência na Ordem Hospitalar esteve acompanhado pelo massagista Carlos Alberto e um elemento da equipa técnica, Mário Vieira.
De registar e agradecer a colaboração, apoio e dedicação da equipa de cirurgiões, Doutores Carlos Magalhães e António Sérgio, nos períodos que antecederam e precederam à intervenção.

O INTERNAICIONAL ALEX FOI OPERADO


O guarda-redes internacional do Boavista Alex, foi ontem operado com êxito na Ordem do Carmo na cidade do Porto.

Alex foi operado a uma hérnia inguinal que o afectava nos últimos meses.

A operação aconteceu ontem (25 de Julho) na Ordem da Carmo pelas 20 horas.

A equipa médica foi chefiada pelos; Dr. Carlos Magalhães e Dr. António Sérgio.

O método utilizado na intervenção foi uma LAPOROSCOPIA.

Este método permite uma inactividade menor (cerca de 15 dias) e permite um regresso aos trabalhos de Alex no mesmo dia do inicio da pré-época conjuntamente com os companheiros a 17 de Agosto.

terça-feira, 24 de julho de 2007

SORTEIO DA 1ª DIVISÃO FOI ADIADO


O sorteio do calendário da I divisão de Futsal 2007/08 foi adiado pela Federação Portuguesa de Futebol.

O sorteio estava marcado para hoje, dia 25 de Julho, mas foi desmarcado por "motivos de ordem interna" segundo comunicado da FPF.

Ainda não está prevista nova data, mas a FPF revelou que oportunamente comunicará uma nova data para a realização do sorteio.

Fonte Futsal.com

domingo, 22 de julho de 2007

PREPARAÇÃO DA ÉPOCA

Continua a ser organizada a pré-epoca da equipa sénior e já estão agendados os seguintes jogos:
Dia 25/26 Torneio internacional do Porto.
Jogos no Pavilhão Rosa Mota
Clubes participantes; Boavista, Freixieiro e Fundação Jorge Antunes(falta uma equipa estrangeira)
Dia 1 de Setembro, 16,00 Horas apresentação aos sócios no Pavilhão do Viso, (Homenagem ao Ricardo Pereira).
Jogo com o Beira-Mar
Dia 2 de Setembro, 17,oo horas.
Jogo com o Lameirinhas no Pavilhão da Guarda

sexta-feira, 20 de julho de 2007

MEIA DÚZIA DE PERGUNTAS A MARAU


Foi um dos (mais de oitenta) inscritos no Futsal Campus, durante os dias que durou o evento chamou a atenção dos técnicos e acabou por ser apurado para o plantel do Boavista.

José Barbosa de seu nome, que no futsal é conhecido por Marau

- Porque te chamam Marau?

- É um apelido de família que não sei explicar e que já vem do tempo do meu bisavô, em Valbom somos assim conhecidos.

- Quando foi chamado para participares no Campus, pensavas vir a integrar o plantel do Boavista?
- Foi uma aposta pessoal e andei sempre com o “bichinho” que ia ser apurado.

- Foi fácil ou difícil?
- Foi um pouco difícil, por causa da ansiedade de estar sempre a ser observado e pensar que as coisas podiam correr mal, mas felizmente tudo correu bem.
- Agora que já és parte integrante do Boavista, que objectivos tens?
- Poder integrar a equipa como qualquer jogador e em iguais circunstâncias.

- Sentes que é possível já esta época, completares o salto qualitativo a que te propuseste?
- Penso que aos poucos mostrarei o meu valor e irei integrar a equipa. O meu objectivo é entrar o mais depressa possível na rotina do Boavista.

- Os teus amigos têm comentado a tua entrada?
- Têm dado os parabéns e desejado sorte.
- E o teu antigo Clube?
- Desejaram-me felicidades, embora tenha dito que pretendiam a minha continuidade. Estou-lhe grato porque acho que aprendi lá muito e isso facilitou o meu progresso.

- Para finalizar, queres registar algo?
- Agradecer a todos que me apoiaram e agradecer ao Boavista porque acreditou no meu valor.

Foi uma pequena apresentação de um elemento que é aposta do Rui Pereira. Dele se espera uma evolução na modalidade e todos que conhecem o técnico do Boavista, sabem que poucas vezes se engana.
Cabe a Marau a prova!

HOMENAGEM E RECONHECIMENTO

Ricardo Pereira um grande jogador de Futsal a todos níveis, sempre juntou o seu valor ao desejo de estar longe da "câmaras", não fosse isso e teria tido uma carreira internacional ímpar.

Hoje (como sempre) igual a si próprio acabou por aceder a uma iniciativa que o Departamento de Futsal decidiu...

Podemos assim, oficializar que, Ricardo Pereira será homenageado (pela sua dedicação ao Boavista) no dia 1 de Setembro pelas 15 horasa, aquando da apresentação da equipa sénior, no Pavilhão do Viso

Daremos mais informações

GURI - O REGRESSO


É um dos filhos da casa que tentou a sorte noutras paragens durante um ano, mas por uma ou outra razão, viu o sonho passar ao lado…

E nada melhor que regressar ao aconchego do lar, para recarregar baterias, porque ainda é jovem e tem todo o mundo á sua frente.

Hoje falamos com esta esperança Boavisteira.
O seu nome é Norberto Ferreira, mas todos os conhecem por Guri

- Porquê Guri?
- Essa alcunha já vem de infância. Um dia estava a jogar futebol e um colega comentou um remate com a frase – bom remate Guri – e ficou… A minha mãe não gostou, mas penso que ficará para toda a vida.

- Onde realizaste a tua formação?
- Comecei no Miramar, mas considero que a minha formação foi feita no Boavista. No Miramar estive dois anos como Infantil e um como Iniciado, depois transitei para o Boavista, em boa hora, pois passei neste clube os dias mais felizes da minha vida.
(Ndr – Uma mistura de tristeza, nostalgia e alívio, nas palavras e um brilho indisfarçável nos olhos, enquanto respondia…)

- Sendo tão jovem, já tens um passado com alguns títulos?
- Ganhei um título no Miramar… mas não quero falar disso!
(Ndr. Convicto e triste…Porquê? E retomando com energia…)
No Boavista FC, fui campeão distrital da segunda divisão de Juvenis, isto no primeiro ano. No segundo ano fui às meias-finais nacionais. Em juniores fui Campeão Nacional na primeira época, na segunda época aconteceu uma situação caricata com o Pelé que nos impediu de ser Bicampeão, mas nos seniores conquistei a Super-taça, o troféu mais importante do Boavista.

- Como consequência disso, enveredas-te pelo profissionalismo, mas as coisas não correram bem. O que falhou, falta de adaptação, lesões, lesões ou algo mais?
- Foi um pouco de tudo. Foi uma mudança radical e repentina. (Ndr. Fala pausadamente, mede as palavras… sente o que diz, mas sentimos que não diz tudo…) reconheço que acusei um pouco a passagem a profissional e tive muita ansiedade, nunca consegui mostrar o meu valor. Foi no entanto, uma experiencia boa e que me enriqueceu espiritualmente dela saí mais conhecedor… de mim!
- Gostaste de ser profissional?
- Sim, era um sonho que tinha. Mas não foi fácil viver sozinho, em terra estranha e não estava preparado para isso. Mas foi um sonho que realizei na minha (curta) carreira.

- Pensas repetir no futuro?
- Se Deus permitir vou ter outra oportunidade dentro de alguns anos e estarei mais preparado. Agarrarei com unhas e dentes essa oportunidade, para fazer o que mais gosto a tempo inteiro.

- Pode ser no Boavista?
- Seria muito bom! Era sinal da evolução do futsal no Clube, ficaria na minha terra e neste grande Clube.

- Porque escolheste o Boavista, para o regresso?
- Porque sempre fui muito acarinhado e bem tratado e tinha um acordo que se saísse do Sporting voltaria ao Boavista. Vou dar tudo o que tenho para dar muitas alegrias aos adeptos do Boavista.

-
Extra futsal, o que fazes neste momento?
-Estou à procura de trabalho e penso que o vou conseguir em pouco tempo.
- Quais os objectivos que acha que o Clube deve ter para esta época?
- Primeiro de tudo, conseguir a manutenção, depois lutar atingir um lugar no Play-off e atingido essa fase, tentar conseguir uma gracinha e ir o mais longe possível, quem sabe até às meias finais. Na Taça ir o mais longe possível e se possível… ganhá-la.

- Conheces o plantel do Boavista?
- Sim conheço. Quase todos, os mais jovens são da minha formação, acho que a equipa irá lucrar com isso pois já nos conhecemos e sabemos como todos jogamos.

- Para finalizar, queres referir algo?
- Tenho a dizer que vou dar o melhor para ajudar os meus colegas, e quem já me conhece sabe que tenciono dar muitas alegrias e se Deus me ajudar marcar muitos golos, que é o que mais gosto de fazer. Prometo dar tudo em campo até se preciso, morrer para ajudar os meus colegas.

Tem um misto de ternura e desencanto, misturada com uma facilidade de expressar os seus desejos, mas do seu discurso sobressai uma clara auto-confiança no seu futsal.

Fala com o tom de quem reconhece ter cometido um erro… mas acredita que tem direito a um futuro melhor, quer apostar no Boavista, porque se sente protegido.

Este Guri, tem mais para dizer e um dia falaremos profundamente com ele.
Hoje foi só para conhecermos o goleador (prometido) da Pantera.

segunda-feira, 16 de julho de 2007

RICARDO PEREIRA

RICARDO PEREIRA

Futsalista de eleição, homem grande e desportista enorme! Foi durante várias épocas um defensor acérrimo do emblema axadrezado.

Na época anterior (para grande tristeza de quantos gostam de futsal, Boavisteiros ou não) resolveu abandonar a modalidade e "sondado" várias vezes por outros emblemas, durante este ano, a todos respondeu da mesma forma...

Só jogaria no Boavista!

É deste homem, Boavisteiro de coração, que em breve daremos noticias...

Esteja atento!

O JOGO DE APRESENTAÇÃO SERÁ NO DIA 1 DE SETEMBRO

Esta época a equipa sénior do Boavista FC, vai realizar um jogo de apresentação aos seus associados e adeptos.
Esse jogo realizar-se - inserido num dia especial do Futsal, a tornar público em breve - no dia 1 de Setembro.
O pavilhão ainda está por designar, mas o adversário está confirmado e, é o Beira Mar.

TORNEIO INTERNACIONAL DO PORTO

O Boavista FC vai participar em mais edição do Torneio Internacional do Porto.
A prova vai se organizada pelo site de futsal - Futsal.com.pt - nos dias 25/26 de Agosto no pavilhão Rosa Mota.
Neste momento, ainda se desconhecem os outros participantes, no evento, assim que forem conhecidos informaremos.

sábado, 14 de julho de 2007

O PLANTEL PARA A ÉPOCA 2007/08


Está definido e completo o plantel do Boavista FC, para a época que se inicia em Setembro.
Que é assim formado:


Dirigentes:

António Morais (Chefe do Departamento)
Manuel Pina
José Batista
Eduardo Vasconcelos
Departamento Médico
Dr. Jorge Pinto Sousa
Massagista: Carlos Alberto (Ministro)
Equipa Técnica
Rui Pereira (Treinador)
Alberto Melo (Adjunto)
Mário Vieira (Adjunto)
Hélder do Carmo (Pr. físico)

Plantel:

88- Alex (gr)
1-Cristiano (gr) - Ex-júnior
12 -Salgado (gr) - Júnior
2-Meia (ex-Junqueira)
3-Libório
4- Fábio (ex-júnior)
5-Marau (ex-Farlab)
6-Rogério
7-Ramada
8-Guri (ex-Sporting CP)
9- Teixeira
10-André
11- Ricardo Ferreira (ex-Modicus)
13-Miguel (ex-júnior)
14-Pedro Lopes (ex-Praia Mar)
19- Kukes
20-Edivaldo (ex-Alpendurada)

Em resumo;
O plantel é formado por 17 atletas, sendo;

9 atletas que se mantêm da época anterior
3 promovidos da equipa Júnior.
1 atleta ainda júnior
4 aquisições

Os trabalhos têm inicio no próximo dia 17 de Agosto



HOJE FALO EU...


Com as últimas informações e entrevistas, decidi como moderador deste escalão, considerar terminada a época de 2006/07!

Não existirão nenhuns tabus sobre a mesma - pelo que ninguém ficará proibido de se referir a ela -mas considero que já foi por demais debatida e analisada, está pois, na hora de começarmos a falar do futuro!

A época anterior, não será de forma alguma para esquecer... pois na história de um Clube, nada é para esquecer...

Cabe-nos a missão de apreender com ela! Nas coisas positivas e nas negativas.

Com as negativas, deveremos registar o que levou a tais situações e estar atentos... quando o caminho nos estiver a empurrar, para igual situação.

Com as positivas, devemos tirar ilações de forma a progredir, sempre rumo à perfeição - que sabendo ser inatingível, temos a obrigação de a procurar- para tornar o Boavista FC maior!

Não tenhamos medo de assumir que o crescimento do Boavista FC, também passa pelo que fazemos (bem) pois o Futsal é uma modalidade mediática e nacional.

Prometi que não se falava mais da época anterior... e eis-me a divagar sobre a mesma! está na hora de parar.

Parei!

Amanhã começaremos a apresentar a nova época!
Ela é o futuro!

Nós estamos prontos e a trabalhar para ela, esperemos que os Boavisteiros nos acompanhem!
Viva pois, a época de 2007/08.

segunda-feira, 9 de julho de 2007

NOVA CONTRATAÇÃO DO CAMPUS

PEDRO LOPES

Novo atleta contratado, após análise do desempenho no Futsal Campus.
Pedro Lopes, ala de 23 anos de idade e proveniente do Praia Mar, passará a ser dono da camisola nº 14.
Interrogado sobre o momento, disse convicto:
É o dia mais feliz da minha vida.
Sobre o salto na carreira, afirmou.
Tenho a completa consciência do salto que estou a dar, assim como tenho a completa consciência
daquilo que posso atingir.

OS FRUTOS DO CAMPUS - CONTRATAÇÃO DE "MARAU"

JOSÉ BARBOSA " MARAU"

Como consequência do trabalho desenvolvido e do seu desempenho no Futsal Campus o Boavista FC ,chegou acordo com:
José Barbosa (Marau) é um ala de 21 anos e representou na época anterior o Farlab, passará a envergar a camisola nº 5 das panteras.
Após a assinatura disse:
É um sentimento de enorme alegria que foi conquistado com mérito e aprovado pelo Boavista.
Tenho noção do salto que vou dar na carreira, e sei que vai ser dificil porque o Boavistaa tem um plantel de jogadores também jovens, com muitas potencialidades e ambição, mas como lutei para chegar até aqui, vou lutar da mesma forma para ter sucesso no Boavista e ajudar a equipa.
Sinto-me preparado para dar o meu melhor e lutar ao lado dos meus colegas.

sábado, 7 de julho de 2007

ENTREVISTA COM MÁRIO VIEIRA

MÁRIO VIEIRA - O AMIGO DE ...LÁ FORA!

Chegou a meio da época, mas cedo conseguiu ganhar a confiança do plantel, ganhando uma cumplicidade com os jogadores e que, acima de tudo, personalizou a frase universal “de trabalho é trabalho e conhaque é…”.
Todos lhe reconhecem grande competência e por essa razão, consideram que foi uma vitória a sua continuidade no Boavista.

Vamos descobrir, o tal Mário Vieira.

BoavistaFutsal – Quem é, este elemento da equipa técnica de Alberto Melo que transita para a de Rui Pereira?
Mário Vieira – Sou o Mário Vieira, formado pelo CEFAD com o curso de preparador físico e desportivo, cheguei ao Boavista F.C. como estagiário a meio da temporada e neste final de época fui convidado para dar continuidade ao trabalho anteriormente desenvolvido.

BF – Chegaste a meio da época, numa fase complicada. Como analisaste a situação com que deparaste?
– Encontrei um plantel psicologicamente abatido, confuso mas que senti que era um grupo vencedor e capaz. Aliás só um grupo assim conseguiria vencer essa situação.

BF – Passada essa fase decisiva em que todos resolveram apostar na continuação, como se passaram as coisas?
– Nessa altura, o espírito de grupo foi crescendo e conseguimos facilmente perceber que o objectivo do plantel era mostrar a todos, que eram capazes de garantir o Play-off, tão breve quando possível.

BF – O que não aconteceu. Porquê?
– Muitas das vezes por falta de sorte, outras por inexperiência global do plantel, inclusive da equipa técnica que se viu – forçada pela situação – a crescer à pressa. A jovialidade do plantel poderá também ser levada em conta, uma vez que, sempre senti que os nossos adversários não nos eram superiores.

BF - Crescer à pressa? O que significa?

- Quero dizer com isso, que o Alberto Melo teve que assumir um cargo sem contar. Sendo obrigado a formar uma equipa técnica com elementos que não tinham pratica alguma, como eu e o Tiago, para além disso os problemas eram enormes e apareciam a todo o momento. Só a experiência do Alberto Melo, conseguiu por um lado treinar a equipa e formar a “nossa” equipa. Fê-lo com o coração… mas fê-lo sem tempo para ter dúvidas!

BF – Atirados para o Play-out, alguma vez sentiste medo, do pior?
– Nós encaramos a realidade do Play-out e começamos a prepará-lo no primeiro minuto em que caímos nele, com o único pensamento em vencê-lo, para mostrar a injustiça que era uma equipa ter andado toda época entre o sexto/sétimo lugar e de repente, se ver obrigada uma prova injusta, até na sua existência e calendarização.

BF – Quando chegas ao Boavista e conheces a sua realidade, o que sentiste?
– Foi um choque! Quem conhece instituição Boavista F.C. associa-a a uma dimensão enorme. A actual situação – aquela com que deparei - é bastante diferente. Não pelo nome do Boavista, mas pelas dificuldades apresentadas no dia-a-dia.

BF – Criticas… mas, vais continuar! Como explicas essa contradição?
– Porque me foi apresentado, um grupo de pessoas e um projecto bastante aliciante, sinto que, neste momento a Direcção do Clube está com o futsal e o futsal já pertence, de corpo inteiro, ao Boavista e que o departamento já não é o “patinho feio” do clube.

BF – Acreditas no projecto liderado pelo Eng. António Marques, que embora difícil de realizar, é possível?
– Acredito no projecto e acredito no homem! O senhor Eng. Marques está sempre presente no nosso trabalho, é um homem sério e de convicções sérias. Acredito que, se depender dele o futsal do Boavista assumirá a dimensão que o Clube exige e representa.

BF – Na realidade que existia, o futsal do Boavista quase se extinguiu. Como se salvou? Qual foi a “bóia de salvação” que se encontrou?
– A “ bóia”… foram duas! Existe dois momentos que considero chaves para a salvação do departamento. A vinda dos Senhores, Presidente-Adjunto Inspector Tavares Rijo e do Vice-Presidente Eng. António Marques ao balneário, dando a cara e demonstrando que o assunto não era “exterior ao Clube” e que a Direcção estava atenta ao que se passava, não se comprometendo com promessas (até ai todas por cumprir) e outro momento é, o compromisso assumido pelo grupo, baseado na continuidade do “seu” capitão.

BF – Após estes momentos, alguma vez sentiste o grupo vacilar?
– Não, acho que não! Acho que vacilei mais eu que o grupo. Há um momento que vacilei - talvez por ser novo no Clube e não conhecer a sua mística – que aconteceu no jogo com o Olivais, até esse jogo nunca tinha o Boavista jogar tanto e tão bem, senti que o Play-off estava garantido e … de repente com o empate… ficou adiado.

BF – Neste momento, com a chegada de sangue jovem e ideias atrevidas no qual te incluo, o Departamento está em grande actividade. O que levou o “Big Boss” a considerar, ser este ano o ano zero. Sentes mudanças?
– É impossível até para os nossos adversários, não se aperceberem que o Futsal do Boavista, está a mudar para melhor. A mensagem, que neste momento passamos para o exterior, é tão forte, que neste período de férias só se fala de nós! No que diz respeito à responsabilidade desta renovação ou remodelação, não posso deixar de dizer que o grande reforço da época de 2007/08 é o senhor Pina. (ndr. Fui obrigado a colocar… queria o contrário, mas MV insistiu).

BF – Objectivos para a época que se avizinha?
– Acho que vai ser uma época diferente, dentro da nova imagem do Boavista F.C. O Clube, está em franca recuperação e o futsal não é excepção.

BF – Um desafio. Em duas palavras, como classificas os teus pupilos?
Alex – Capitão e grande amigo.
Buffon – Maluco e grande guarda-redes.
Salgado – Jovem com muito potencial.
Plínio – Potencial, mas com muito para crescer.
Fábio – Um diamante para lapidar.
Rogério – Muito forte, mas tem que mudar a atitude.
Ramada – Boa técnica. O melhor em Xove.
Libório – Eficaz! Um atleta.
João – Potencial. Será que vai aproveitar?
André – Muito bom. Discreto.
Miguel – Muito jovem e bom, só falta “calo”.
Lipa – Excelente! Fez mal em mudar.
Kukes – Um atleta.
Bruno – Muito futuro… Queira ele.
João Pedro – O juvenil… com muito futuro.


BF – E as aquisições?

Edivaldo – Forte, bom pivot.
Ferreira – Canhoto
Guri – Pontapé canhão.
Meia – Muito rápido! Gosto.

Cristiano - Jovem e muito ágil.


BF – O Ministro (Carlos Alberto)?
- Amigo! Faltam as palavras…Homem forte do balneário.


BF – Mensagem final…
- Gostava de agradecer a todos pela forma como me receberam e a oportunidade que me deram para trabalhar a este nível. Um obrigado especial ao Alberto Melo, que me deu uma autonomia para desenvolver as funções na equipa principal. Agradecer ao Director do Departamento, António Morais, que acreditou na minha filosofia de trabalho. Agradecer ao Carlos Alberto, por ter influenciado a minha entrada no Boavista para a realização do meu estágio.
Agradecer a aposta e confiança depositada por todos e me especial pelo senhor Pina que levou a que o Rui Pereira, tivesse apostado na minha continuidade.
Por último, mas não sendo o último, agradecer ao Rui Pereira a aposta em mim, para fazer parte da sua equipa. Estou certo de duas coisas, a primeira da minha inteira disponibilidade e entrega, a segunda que irei aprender mais com os seus conhecimentos.


BF – E…para terminar?
- Resta-me apelar a todos (sem excepção) atrás citados, para que nesta nova época, sejamos unidos e fortes, para que juntos consigamos elevar ao expoente máximo o futsal do Boavista F.C.

Ficamos a conhecer melhor, o “louco” que vendo o barco adornado com o naufrágio à vista, saltou para dentro, enfrentou a tempestade e ajudou a levá-lo até ao porto de abrigo, enquanto outros optariam pelo abandono!

Agora seguro “em terra” eis que ansioso se prepara para nova viagem, nesta nau axadrezada!

Que seja mais calma… mas se voltar alguma ondulação, estejam certos… o Mário Vieira, estará lá!

A bordo... claro!

sexta-feira, 6 de julho de 2007

RUI PEREIRA - O MENTOR DO FUTSAL CAMPUS 07 , ANALISA...

RUI PEREIRA " O PAI" DO FUTSAL CAMPUS

Com a finalidade de fazer uma primeira abordagem técnica sobre o FUTSAL CAMPUS 07, fomos ouvir a opinião do seu idealista e mentor, o treinador axadrezado, Rui Pereira.

Boavistafutsal – Que balanço faz da primeira edição?
Rui Pereira – Muito positivo. O, que devo frisar, veio ao encontro daquilo sempre idealizei. Considero que foi um sucesso, primeiro pelo grande número de inscrições realizadas e pela diversidade registada.

BF – E a qualidade apresentada?
RP – Muito positiva igualmente, pela qualidade apresentada pelos jogadores, muito jovens que jogam em divisões inferiores, a maioria dos campeonatos distritais do Porto, ainda não temos condições para aceitar as inscrições de atletas de zonas mais longínquas por razões logísticas ( e houve muitas inscrições, nestas circunstancias).
A qualidade é tal que não admirará se alguns ficarem integrados no Boavista, mas garantidamente iremos acompanhar muitos, num futuro próximo para aquilatar da sua evolução.

BF – Pelo entusiasmo que demonstra, será uma iniciativa a repetir?
RP – Sem duvida. Será uma iniciativa a continuar – e aposto, que sendo o Boavista o seu criador, muitos clubes o irão copiar – por nossa parte vamos evoluir o processo, com a aprendizagem que fizemos tentando aperfeiçoar no que podermos.

BF – Algum comentário suplementar?
RP – As conclusões finais vão ser obtidas na reunião do departamento e naturalmente todos os interessados terão delas, conhecimento. Quero no entanto, agradecer em nome do Boavista F.C. a disponibilidade, a entrega e colaboração de todos os atletas participantes.

Foi uma pequena análise do grande evento, que sendo inédito (nestes moldes) em Portugal, mostrou a todos a qualidade que muitas vezes se desconhece de jogadores que jogando em divisões inferiores… em nada são inferiores! Bastará maior apoio, mais cultura táctica (que existe no tope do Futsal), para passarem do anonimato a serem por todos conhecidos!


O Boavista F.C. (uma vez mais na vanguarda), fez a sua quota-parte!
E não ficará por aqui!

TERMINOU O FUTSAL-CAMPUS 07

Após quatro dias de intensa actividade terminou, a primeira edição do FUTSAL CAMPUS organizado pelo Boavista F.C.
Esta iniciativa inédita - nestes moldes - no panorama nacional, veio demonstrar o valor que existe nas divisões mais baixas, já que a qualidade apresentada pela maioria dos participantes foi extraordinária, provando que com maior número de treinos existem muitos atletas que poderão atingir voos mais altos.
A direcção do departamento de futsal do Boavista F.C. realiza amanhã (Sábado 07) conjuntamente com a sua equipa técnica, uma reunião para analisar e tirar conclusões sobre o evento.

quarta-feira, 4 de julho de 2007

ALEX VAI PARAR MÊS E MEIO

Alex vai sofrer uma intervenção cirúrgica.

Alex guarda-redes da equipa sénior, vai ser alvo de uma intervenção cirúrgica.
Depois de um período de sofrimento derivado a uma hérnia inguinal.

Após analisar todo o processo, o departamento médico do Boavista, decidiu-se pela intervenção que deve ser realizada nos próximos dias, no Hospital da Prelada.

Para a preparação do acto, o atleta Alex esteve hoje toda manhã no respectivo estabelecimento hospitalar.